sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Produções Natalinas

Nestes dias entre festas aproveitei para adiantar o cockpit. Fred está voltando devagar, ainda sem muita força na mão direita, mas a sua presença já é um incentivo.
Construir sozinho é duro, você fica sozinho com todas as duvidas e problemas, com um parceiro o clima pode mudar dependendo da motivação do outro.
Estou escrevendo um livro e vai contar tudo o que o blog não conta, nossas picuinhas, nossas vitorias e dificuldades, nada tecnico somente comportamental, o nome deve ser: "Como é duro construir", aguardem.

Vejam as fotos do nosso cockpit personalizado.

O chão já com as espumas preparadas


Detalhes da mesa central da catraca 

Quatro caixas nos bancos e uma icebox no centro




Fred testando o espaçoso cockpit


O buraco do motor ainda será cortado

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

O cockpit - continuação

Este cockpit com caixas em baixo dos bancos é grande e para fazer sozinho tá dando um trabalhão...

Primeiro monta tudo sem colar

deu certo?

Aí vc cola.

2,32 x 3,33 maior caixotão...ainda vai ser todo fibrado.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Tiki 21 - sail video


Tiki's D'aldeia

Este domingo fui convidado a participar da regata do dia do marinheiro em São Pedro D'aldeia, pelo Luis Geronimo, que esta curtindo as suas primeiras velejadas no Tiki 21 Guru do Vento.

O Tiki's 21 preparados para a regata

Cmte Carlos Luis






Guru do Vento no quintal de Carlos Luis




Cheguei em cima da hora e rapidamente após um bate papo com o Luis e o Carlos Luis, propietário a 20 anos do outro Tiki 21 branquinho construido por ele mesmo. Alias Sr. Carlos já fez uns 6 Tiki's, sabe tudo desses catas.

O cockpit plano original do Guru

Detalhe estaiamento

O estaiamento caprichado do Carlos Luis

O dolphin strike com parafuso para esticar

O cockpit com bancos do barco do Carlos Luis



























































































E na regata de domingo eu fui o peso extra que deu a vitoria ao Carlos Luis, após vitoria de 2 regatas de sabado, cmte Luis Geronimo, queria fechar o domingo invicto, e competitividade estava em alta, neste mach race local. Mas fomos atrapalhados por outro barco na largada e não deu para recuperar, na raia miuda de São Pedro D'aldeia.


Tiki paradaise 

































Após a regata teve a tradicional fejoada de marinha, com festiva entrega de premios.

Agradecimentos ao Luis e esposa, pela velejada (vamos repetir...) e ao Carlos Luis, que rapidamente tirou algumas duvidas minhas sobre os wharram.

sábado, 15 de dezembro de 2012

Cockpit alternativo para o Tiki 30

O projeto do Tiki 30 tem dois cockpits como opção. Um com os bancos em canvas e outro com o deckpod. Um bem leve e espartano o outro mais pesado, mas ofereçe um mesa/cama extra ao barco.
Optamos por um terceiro modelo, seguindo os Tiki 26. Com bancos rigidos de compensado e com caixas embaixo dos mesmos. Não tinha um desenho e segui fotos de outros barcos mantendo as especificações de espessura e reforços do projeto original. Mas hoje descobri lendo a revista Sea People um projeto bem parecido com o que eu estou fazendo, se tivesse visto antes, com certeza estaria fazendo este abaixo.
Agradecimentos a Gunter Zimmerman que postou esse desenho na edição 49 da Sea People.

O projeto é bem completo


Com medidas e explicações

Uma boa opção de cockpit

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Gaff e o começo do cockpit

Os trabalhos não param e falta pouco para a parte de marcenaria acabar. Fiz a Gaff esta peça que é vulgarmente chamada de carangueija, na verdade é uma pequena carangueija aperfeiçoada. Parte essencial da mastreação tiki wing sail. Com ela se obtem uma valuma bem esticada e uma area vélica maior, sem elevar o centro vélico. Toda em cedro laminada em 4 camadas de 1x7cm, com detalhes que devem ser bem observados ao estudar os planos.

Botei a sargentada toda para trabalhar




Este parafuso vai ser cortado e virar um pino

Capricho no leme

Mesa toda ocupada

No dia seguinte o inicio do cockpit



sábado, 8 de dezembro de 2012

Caixa de corrente e extensão

Rio de Janeiro, dezembro, 40º C . Só dá pra trabalhar pela manhã, pois a tarde o sol derrete qualquer um. Com isso continuo na cana de leme, mas agora fiz a extensão que liga as duas canas, o conjunto ficou bem legal.
A caixa de corrente também está ganhando corpo e ficando mais forte. E tem que ficar mesmo, pois ali é que vai o cunho principal do barco, isso é invenção minha, não está no projeto.


A caixa de corrente com seu cunho


detalhe da união da cana com a extensão



Aproveitei, colei a tampa da mesa de navegação

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Cana de Leme - segundo ato

Hoje colei as duas partes, envergando-as para dar o formato que permite que os lemes virem por igual. Tomara que aguente, vai ficar aí uns 3 dias secando antes de eu soltar esses grampos.





Cana de Leme

Com nosso pintor fora de campo, aproveitei para iniciar a cana de leme. A cana dos lemes wharram são de funcionamento e fixação muito simples, mas sua execução requer cuidados e seguir o plano a risca, sem modificações para não haver surpresas no mar.

Primeiro tem que acertar o angulo do taco de apoio

Um simples encaixe mantem tudo no lugar

Colando os espaçadores,amanhã vou fazer a curvatura

Fui obrigado a cortar a cabeça do leme pois a cana não encaixava, olhem fotos anteriores do leme