domingo, 30 de junho de 2013

Final de semana histórico

Neste sabado reunimos a tripulação que viajou a Abrolhos no Kamehameha, depois de 1 ano e meio. Foi a primeira velejada real do TikiRio. A bordo, Cmte Cassio Gurjão, proprietário do Fast 395 Kamehameha (www.sailinrio.com) , Francisco Laport e Renata, proprietário do Arpege Fuga 9, Fernando Moura, velejador de longa data, recem tripulante do tiki 38 na perna Rio/Florianopolis, Peter Mirow velejador e construtor do outriger Arpex (arpex.blogspot.com). Fred e eu...

Gelo, refri, cervejinha, salgadinhos, todos chegando na hora, um pouco de esitação, mas o terral forte com o mar liso e sol bonito no céu, motivava a uma esticada. Miramos na boca da barra e saimos já com ventos de 10 nós aumentando, través folgado o barco acelerando em direção as ilhas do Pai e da Mãe em frente a Itaipu. As rajadas aumentando e chegando a uns 15 nós ou mais. Cada rajada, o TikiRio, em vez de adernar como os monocascos, acelerava forte e abria distancia dos monos que faziam o mesmo trajeto. Assumi o leme que até então estava com o Fred. Atingimos picos de 12 nós de velocidade. Num pique só chegamos em frente a Itaipu demos um jibe e voltamos orçando para entrar na baia de guanabara. Nesta volta, todos puderam experimentar um pouco o leme e bom comentários borbulhavam no cockpit. Peter assumiu a midia do dia e registrou tudo para vocês verem como é legal um catamaran Wharram. Foi uma velejada histórica.

TikiRio com Cristo Redentor ao fundo

Na volta o Tiki orçava suave



Roger curtindo a proa

Wing Sails


Visual de quem chega ao Rio do norte pelo mar

Pão de Açucar embelezando o Tiki no por do sol

Cockpit social...

Ainda falta o tranpolim...





























































































quinta-feira, 27 de junho de 2013

Primeira velejada com o Grande

Hoje depois de alguns ajustes na Gaff,  estreamos a Grande e foi uma surpresa muito agradavél a orça do tiki 30. Tive a certeza de ter escolhido o barco certo. Foi a primeira velejada séria do TikiRio, fiquei impressionado, ventos de 10 a 15 nós com rajadas, descemos até a marina da gloria e subimos de volta para o ICRJ orçando a 45º TWA, com ótima velocidade, estimo uns 7 nós brincando, isso ainda sem a melhor regulagem, pois estvamos testando todos os sistemas de cabos. Na descida, no vento de través folgado, andamos brincando acima dos 10 nós, a enseada de botafogo ficou pequena para o catamaran, rapidamente chegavamos ao outro lado da enseada. Esperem medições mais apuradas semana que vem. Por hoje fica um videozinho rapido pois estava muito animado e esqueci de levar as pilhas para camera.


sábado, 22 de junho de 2013

Encalhando o Tiki

Precisava de estabilidade para instalar o enrolador, então resolvi encalhar o Tiki no melhor estilo Wharram, em plena praia da Urca no Rio de Janeiro. Em dias de grande agitação social, diversos protestos acontecendo no centro do Rio, nós tinhamos a tarefa de instalar o Alado A0 no estai de proa do Cata. Com 4 pessoas e o manual na mão. Encalhei o Tiki 3 horas depois da maré alta, na meia maré vazante. Assim teriamos 6 horas para tal operação. Com a ajuda do Cmte Cassio Gurjão do Kamehameha e muita discusão, em duas horas estava tudo no lugar. Ficamos curtindo a noite na Urca esperando a maré subir e magicamente, as 2300 o TikiRio voltava a flutuar.

Tikirio com seu quiver



Na Urca esperando a maré encher


As canoas havaianas, a Urca tem tradição no canoismo

Cassino da Urca by nigth

Centro do Rio 

No dia seguinte...

A primeira velejada

Só com a buja

De volta a poita, pois rajadas de 15 a 20 nós não eram um bom dia para teste





sábado, 8 de junho de 2013

Lançamento - Tá na água !!!

Hoje dia 8 de junho, depois de 2 anos e 28 dias uma idéia que eu tive se tranformou em realidade. O Tiki 30 #213 TikiRio. Lindo projeto de James Wharram e Hanneke Boon . Foi para agua da infelizmente imunda Baia de Guanabara. O clube São Cristovão está localizado atras de uma das maiores favelas do Rio de Janeiro, a Favela da Maré, as margens do canal do cunha, que separa a ilha do fundão do continente. Neste ponto da baia de guanabara, a agua é uma mistura de esgoto com oleo, que dá nojo, cheira mal e é repugnante. Foi neste cenário que depois de alguns malabarismos com alavancas e pedaços de troncos de eucalipto, arrastamos o Catamaran até o maximo da maré baixa e quando a maré subiu o barco boiou...e foi só felicidade. Vejam as fotos do lançamento. Agradeço de coração a todos que fizeram parte desta historia.

Na sexta pintando a anti incrustante, ainda no cavalete.

Cmte Alvaro, com seu rabinho de cavalo, observado a pintura.

Aqui sabado as 10 da manhã o barco já tinha sido rolado nos eucaliptos

Muito ocupado não tirei fotos da rolagem, mas o Ivan tirou.

Fred em sua ultima foto favela...

Roger observando o barco

O mastro ficou para segunda.

O casal Francisco e Fernanda sempre presentes nos momentos importantes.

De repente o TikiRio boiou...na agua podre.

Fred e Vanessa na sombrinha...

Embarcando as tralhas e preparando para zarpar



Saindo do Canal do Cunha

Só alegria !!!




Fred com o porto do Rio ao fundo

Roger com a Ponte Rio Niteroi ao fundo.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Mudança - Lançamento confirmado sabado

Hoje movemos o barco, um stress e um esforço fenomenal da galera do São Cristovão, agora o barco está na rampa e vai pra agua sabado de manhã. Obrigado a todos que ajudaram, Jó, Nem, Gilberto, Alvaro, Fred e eu.

O barco agora na rampa



Fred, Gilberto e Ney

O cockpit e as travessas no carrinho do Samoa, obrigado Tio Manolo.


Depois de muito grito e força o barco foi alinhado.

Fred medindo a distancia do muro: será que vai arranhar...?

Grande Gilberto, moveu os cascos, derubou o Tiki, e depois amarrou as travessas, Obrigado.

Ainda sem o cockpit

Rogerio, mortinho, stressado, cansado...

Dna Ana apareceu para batizar o barco, ela vai viajar, por isso um batismo antecipado


Dna Ana, mãe do Fred, a madrinha do TikiRio