quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Tiki 30 x Wildcat

https://www.youtube.com/watch?v=FlXYm4bTonw

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

TikiRio na Escola Naval

Neste final de semana resolvi vir ao Rio para correr a tradicional regata da Escola Naval. E após um passeio maravavilhoso na tarde de sabado com Luberto e o John. Quando assistimos a largada da Clipper Around World. E ainda deu tempo de levar o casal de amigos Paulo e Andrea para um passeio de final de tarde. Totalizando 23 milhas só dentro da Baía de Guanabara !!!

As máquinas de regata de setenta pés, na Marina da Glória



All english, Wharram + John + Henry Loyd ao fundo


















A Regatta da Escola Naval foi uma experiência legal, passei a primeira noite em uma marina, atracado ao pier flutuante, com agua e luz, (muita novidade pro Tiki) e no dia seguinte achei que fosse entrar o sudeste de sábado com a mesma intensidade, não me preocupei com peso. Podia ter aliviado, ferramentas, ancora extra e outros pesos desnecessários, mas relaxei.
No barco Eu, Fred, Fernando, Caio e Marta, já na pré largada percebi que os outros barcos estavam com 3 ou 2 tripulantes. Larguei mal, quase escapei e tive que dar um jibe na comissão para logo depois encontrar todos vindo com direito de passagem, arribei e acabei largando em 3º na multicascos, chegamos juntos ao 2º ( Praia 30 )na boia de barlavento, encostamos no través, mas no popa ele foi embora, e pior o 4º colocado nos alcançava com uma enorme genaker. Montamos nosso modesto balão de soling e conseguimos manter a 3ª colocação até a boia perto das barcas ( o lugar pra marinha escolher boia pra regata ), perdemos a posição ao descer o balão um pouco antes da boia por preucação demais e nosso concorrente contando com bolinas orçou bem mais na ultima perna, ficamos em quarto eu acho, ainda não saiu o resultado na internet.
Mas o que deu pra perceber é que, o Tiki 30, se for bem afinado e aliviado de seus pesos de cruzeiro e com um balão dimensionado para ele, pode incomodar.
As fotos abaixo são de nossa proeira Marta Pourtau.


No contravento tinha de 12 a 15 nós de vento, depois foi baixando



A descida no través folgado

Caio no balão
o 4º colocado chegando

Fred no leme na hora do balão

Roger preocupado, ia perder a medalha...perdeu

terça-feira, 8 de outubro de 2013

De volta ao Rio

O TikiRio está de volta ao Rio. No sabado fui para Mangaratiba preparar o barco para a volta no domingo, mas ao chegar lá nosso leme estava solto, tive que fazer uma amarração de fortuna para dormir em paz, pois para amarrar direito é preciso estar encalhado em seco. 

No dia seguinte chegam meus tripulantes, os irmãos Caio e João, a espanhola Marta e o Hugo. O barco ganhou um ar de juventude, todos jovens unversitários, surfistas e amantes do mar. A Marta já velejava desde de pequena, os irmãos com alguma experiencia e o Hugo super prestativo e topando qualquer parada. O time estava formado, mas o leme remendado...partimos para sentir o leme e ver o que fazer. 

Já sabia que não ia dar para ir assim, mas o entusiasmo era grande e a maré do dia seguinte ajudava, seria de grande variação, resolvemos encalhar em Palmas na Ilha Grande. Foi o pit stop perfeito, chegamos, mergulhamos, almoçamos, as 16:00 encalhei de proa na praia em frente a trilha para Lopes Mendes. Começou a limpeza do casco, com os remos do tiki nervoso. Depois todos debandaram e foram conhecer Lopes Mendes pela trilha e me deixaram uma hora sozinho. Neste tempo instalei as luzes de navegação no teto da cabine, a previsão era desencalhar as 3 da madrugada e iriamos precisar se quiséssemos navegar a noite, pois a luz de top está em curto. As 19:00 começamos a mexer no leme, e em uma hora e meia o leme estava todo com amarrações novas. 



Marta a velejadora espanhola chegou no Brasil a 3 dias e já curtiu a travessia

Hugo tentando a asa de pombo ou orejas de burro como se diz em espanhol


A galera treinando uns nós para passar o tempo

João no leme

Cmte depois de uma madrugada no leme


A saida de Mangaratiba





















Dormimos com o barco parado, sem se mexer, no seco, isso é muito legal em um catamarã. Quando deu 1:30 o barco começou a balançar e aos poucos todos pularam de seus beliches, 2:00 ele boiou e partimos na escuridão, guiados pelo GPS. Foi colocar a cara para fora da Ilha Grande, o sudoeste entrou com uns 15 nós, e com esse vento e o mar a favor, fomos surfando no swell de SW. As 7:00 após um turno de 3 contra 2 dormindo, estavamos no través de Guaratiba, dormi um pouco e quando acordei já estavamos na Barra da Tijuca, em São Conrrado motoramos um pouco e antes do Arpoador já estavamos velejando de novo com o SW. Ao 12:00 pegavamos a poita na Urca. 60 milhas em 10 horas, uma boa média de 6 nós e gastamos apenas 8 litros de gasolina. Vai ser ruim de eu voltar a ter um monocasco...


Caio curtindo o leme do Tiki
Quebrar todas as previsões de chegada só traz sorrisos a galera...
Ainda escapamos de todas as chuvas, valeu São Pedro.




































P.S.: aguardem mais fotos durante a semana


sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Botes de Apoio - continuação

Se voces pensaram que era rapido, como eu, se enganaram. Tem que cortar, lixar, emendar, colar, empregnar, colocar os verdugos e bancos, fibrar, lixar e pintar...cada etapa leva quase um dia ou temos que esperar dias de sol, portanto os botinhos ainda estão em produção, vejam as fotos abaixo.

Logo após a laminação

Levamos pra rua para lixar, mas antes fiz umas fotos




Após a lixada

Colagem do sarrafo do fundo e as quilhas


A esposa do Rui não aguenta mais bagunça...kkk