quarta-feira, 27 de abril de 2016

Ariki 48 - Bazinga!

O Estaleiro BoatSmith lançou a pouco tempo o Catamaram "Bazinga!" um Ariki 48, desenho de James Wharram. Este barco foi construido com o que há de melhor no meio nautico. Casco em sanduiche de divinicel e resina poliester, mastro em carbono e diversas peças em carbono. Muitos confortos e eletronicos modernos. E agora ele está preparado para zarpar vejam todos os detalhes deste exemplo de até onde se pode chegar num catamaran wharram.


quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

TikiRio Surf Expedition

No final de semana pós carnaval o TikiRio foi convocado para um surf expedition ao Aventureiro. Mas devido a atrasos no embarque devido a troca de carburador do motor. Perdi a janela de tempo para ir "lá fora". Resolvi ir para a enseada de Palmas e atravessar a trilha para surfar na praia de Lopes Mendes. Fomos eu e o Marcelo Lopes, parceiro de surf nas horas vagas. Com a sua GoPro fizemos imagens incriveis que mostram o TikiRio como está hoje.


















domingo, 13 de dezembro de 2015

Reforma no TikiRio

Após 2,5 anos na agua com uso intenso, o TikiRio estava precisando subir para uma inspeção mais detalhada. Escolhemos o estaleiro Itacuruçá para subir, pois lá tem todo apoio que precisamos.
Mal subimos o barco na carreira, um funcionario veio raspando e outro dando um jato d'agua na pressão para tirar as cracas. Enquanto isso eu e Fred tiravamos os lemes. Na mesma tarde o barco já estava no primer (intertuf da international).

Mas os lemes, tivemos surpresas. Gusano ! Como? se o leme é fibrado? O leme bateu em algo e quebrou um pouquinho a fibra na ponta frontal inferior. Foi o suficiente para este bicho estranho que faz umas casinhas redondas na madeira, destruir uma area do tamanho de um maço de cigarros...

Bom acabei tirando toda parte comida pelo bicho, enchi de epoxi com aerosil, fibrei com fibra de carbono a base do leme, e aproveitei e fiz mais um conserto no costado, resultado de trombada com algum tronco no mar, havia um pequeno furo de 5mm que já começa o gusano tambem, acabou virando um conserto de 5cm...

Aproveitando que estavamos em Itacuruçá, aonde tem uma boa oferta de serviços nauticos, encomendamos umas ferragens de leme "a la" saveiros da ilha. Os cabinhos wharram funcionam bem quando bem feitos os furos e nós erramos neste ponto, alias eu errei. Furei muito perto das bordas e não fizemos o rebaixo suficiente, na verdade nunca ficou "legal" no nosso barco. O custo beneficio do cabinho é imbativel, mas resolvemos trocar, para ter maior precisão no leme e um eixo fixo para poder usar o piloto automatico (que ainda não funciona 100%)

FOTOS AQUI !!!









quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Travessia Rio - Itacuruçá

Resolvemos subir o TikiRio em Itacuruçá. A semana marcava ventão todos os dias e sempre favoráveis. Saimos as 6:40 da manhã da baía de guanabara já com um vento SE / E de 10 nós. Mas wind guru marcava 22 nós com rajadas de 29 as 16:00. Calculamos que se mantivessemos a média de 6 nós chegariamos atras da Marambaia no Pico do vento. Motoramos com o grande em cima até o recreio, aonde o vento começava a aumentar. Pouco depois já estava 15/18 subindo, resolvemos tirar a buja, depois rizamos, depois achamos que foi muito e voltamos com a buja, o vento já batia os 20 nós, mas sempre de popa. A asa de pombo funcionou por um periodo, mas partimos para o traves folgado e o barco começou a surfar a 10 nós as ondas, tudo na maior tranquilidade. O vento foi aumentando, tiramos a buja, e lá pro meio da tarde demos o segundo rizo. Esta foi a primeira vez que usei todos os rizos do TikiRio, o vento manteve-se acima dos 20 nós a tarde toda, com picos de 30 e o mar foi crescendo, querendo ou não iamos ser jogados dentro da baia da ilha grande, no ultimo bordo antes da marambaia, o mar fez nós derivarmos um pouco mais que o desejado e acabamos fazendo um través com mais de 25 nós de vento e ondas de 1,5 a 2, mas o tiki estava lonje do seu limite e nós em perfeita segurança conseguimos chegar as 16:15 ao ponto desejado. encaramos mais 2 horas de contravento só com o grande para chegarmos a Itacuruçá.
Pena que o video abaixo não transmite a força G e a real dimensão do vento. São 6 min de video, quem tiver paciência vai curtir.


O Caipira

Minha mulher diz que eu só tenho amizade por interesse, mas hoje eu penso ao contrario, São os interresses que aproximam as pessoas e daí surgem as amizades.
No meio da construção do TikiRio tivemos algumas visitas, e numa dessas um senhor baixinho, com sutaque forte do interior de SP chegou lá dizendo que ia construir um tiki 26 no seu sitio. Sr. Mario com o tempo tornou-se um grande amigo.
Este mês eu viajei a trabalho para SP e aproveitei para conhecer o tiki 26 "O Caipira". Ele está lindão. Lá tambem estava o Olavo Pastore costurando todo estofamento e bimini do barco. Pena que no dia fiquei tão ocupado tirando duvidas na montagem do Caipira que não tirei muitas fotos, mas o André filho do seu Mario ficou de postar no face. Muito legal esses wharram, sem velejar , sem saber nada de barcos, uma pessoa empreendedora seguindo os planos consegue construir um belo barco.

Hidroponicos Calderaro, a simpatica roça do Sr, Mario

O Caipira



Rogerio e Mario

Olavo Pastore