A visita do Gavião

Este sabado, enquanto lixavamos a massa do fundo do cockpit, pousou um Gavião, caçando as preas e os calangos que frequentam o clube. Vejam imagens do trabalho de sabado.

O Gavião no muro




O Dolphin Strike fixado com uma trava inventada pelo Fred.



O Gavião caçando, queria pegar ele com uma presa, mas não deu.

O suporte do motor e o fundo do cockpit já com primer


O reforço do fusil e os cunhos fixados.

Comentários

  1. Olá Roger, tenho acompanhado seu blog, ótimo trabalho estão fazendo, o sarrafo que vcs usaram é de cedro? próxima semana começo a construção de um tiki 21, na segunda deve chegar o compensado(pinho naval)tb já comprei uma parte da resina, falta comprar as pranchas para sarrafear, vi que na casa leo tem uma madeira (pequi e pequia)própias para cavernames, costados, só que é dura e pesada que vc acha? ou o melhor é o cedro mesmo por ser mais leve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Horacio, nós usamos cedro em 90% do barco, mas tem lugares que Wharram pede "hardwood" aí eu usei curupixá, mas tem cedrinho e mogno laminados também. Pé do mastro, suporte das travessa (veja foto acima). O cedro rosa é muito melhor do que qualquer madeira para se trabalhar, tem boa resistência a agua, leve e forte o suficiente para compor as estruturas de epoxi+compensado+sarrafos. Vale o investimento. No peso no total do barco, faz muita diferença uma madeira, para outra.

      Excluir
  2. Valeu Roger, andei fazendo uma pesquisa e vi também que as madeiras mais leves tem melhor aderencia ao epoxi, é vou de cedro rosa mesmo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Voando mais baixo e olhando para o Tiki 21

Catamaran ou Catamarã

Lançamento da Melanésia