De volta ao Rio

O TikiRio está de volta ao Rio. No sabado fui para Mangaratiba preparar o barco para a volta no domingo, mas ao chegar lá nosso leme estava solto, tive que fazer uma amarração de fortuna para dormir em paz, pois para amarrar direito é preciso estar encalhado em seco. 

No dia seguinte chegam meus tripulantes, os irmãos Caio e João, a espanhola Marta e o Hugo. O barco ganhou um ar de juventude, todos jovens unversitários, surfistas e amantes do mar. A Marta já velejava desde de pequena, os irmãos com alguma experiencia e o Hugo super prestativo e topando qualquer parada. O time estava formado, mas o leme remendado...partimos para sentir o leme e ver o que fazer. 

Já sabia que não ia dar para ir assim, mas o entusiasmo era grande e a maré do dia seguinte ajudava, seria de grande variação, resolvemos encalhar em Palmas na Ilha Grande. Foi o pit stop perfeito, chegamos, mergulhamos, almoçamos, as 16:00 encalhei de proa na praia em frente a trilha para Lopes Mendes. Começou a limpeza do casco, com os remos do tiki nervoso. Depois todos debandaram e foram conhecer Lopes Mendes pela trilha e me deixaram uma hora sozinho. Neste tempo instalei as luzes de navegação no teto da cabine, a previsão era desencalhar as 3 da madrugada e iriamos precisar se quiséssemos navegar a noite, pois a luz de top está em curto. As 19:00 começamos a mexer no leme, e em uma hora e meia o leme estava todo com amarrações novas. 



Marta a velejadora espanhola chegou no Brasil a 3 dias e já curtiu a travessia

Hugo tentando a asa de pombo ou orejas de burro como se diz em espanhol


A galera treinando uns nós para passar o tempo

João no leme

Cmte depois de uma madrugada no leme


A saida de Mangaratiba





















Dormimos com o barco parado, sem se mexer, no seco, isso é muito legal em um catamarã. Quando deu 1:30 o barco começou a balançar e aos poucos todos pularam de seus beliches, 2:00 ele boiou e partimos na escuridão, guiados pelo GPS. Foi colocar a cara para fora da Ilha Grande, o sudoeste entrou com uns 15 nós, e com esse vento e o mar a favor, fomos surfando no swell de SW. As 7:00 após um turno de 3 contra 2 dormindo, estavamos no través de Guaratiba, dormi um pouco e quando acordei já estavamos na Barra da Tijuca, em São Conrrado motoramos um pouco e antes do Arpoador já estavamos velejando de novo com o SW. Ao 12:00 pegavamos a poita na Urca. 60 milhas em 10 horas, uma boa média de 6 nós e gastamos apenas 8 litros de gasolina. Vai ser ruim de eu voltar a ter um monocasco...


Caio curtindo o leme do Tiki
Quebrar todas as previsões de chegada só traz sorrisos a galera...
Ainda escapamos de todas as chuvas, valeu São Pedro.




































P.S.: aguardem mais fotos durante a semana


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Voando mais baixo e olhando para o Tiki 21

Catamaran ou Catamarã

Lançamento da Melanésia