O primeiro Epoxi

Hoje, depois de 20 anos, voltei a trabalhar com epoxi. O Epoxi que compramos é bem mais fluido do que eu trabalhei nos anos 90 (fazendo laminados de marfim que se transformavam em skates) portanto, depois de algumas cagadas, colamos a roda de proa e de popa. Usei um pouco de aerosil para engrossar e aderir mais.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Voando mais baixo e olhando para o Tiki 21

Catamaran ou Catamarã

Sea People - PCA